Chalatanismo: igreja promete imunização ao coronavirus em culto

Compartilhe!

A Igreja Catedral Globo do Espírito Santo publicou, no domingo (01), uma transmissão ao vivo no Facebook de um culto evangélico que promete imunização contra o coronavírus. O evento foi realizado na cidade de Porto Alegre, do Rio Grande do Sul.
A igreja divulgou o culto “O Poder de Deus Contra o Coronavírus” e prometeu “unção com óleo consagrado no jejum para imunizar contra qualquer epidemia, vírus ou doença”. Durante o evento, uma pastora leva ao palco uma mulher acompanhada de uma criança que teria se curado de uma otite aguda após frequentar cultos da igreja.
“Ela tinha feito todos exames, estava fazendo os acompanhamentos médicos, tinha marcado duas cirurgias, só que ele tinha ficado gripado. Muitas vezes ela se enfiava no meio da multidão e dizia ‘pastora, eu preciso da oração do profeta, eu preciso chegar até o altar’. Pois bem, depois de tanto clamar, depois de dois anos e nove meses, a própria médica disse que crê em milagres, porque ela nunca tinha dito isso na história da medicina”, disse a pastora.
No mesmo vídeo, uma apóstola afirma que a igreja tem um “memorial dos milagres”, em que as pessoas recebem cura e voltam com os exames médicos comprobatórios. Segundo ela, “ninguém é inconsequente de dizer ‘pare de tomar remédio’ ou ‘não vá ao médico'”.
O culto foi conduzido pelo autoproclamado profeta Sílvio Ribeiro, responsável pela igreja, junto a conjuntos musicais gospel.
O Ministério Público do estado considerou que a prática pode ser enquadrada como crime de charlatanismo ou curandeirismo, segundo informações do site BBC News. O órgão encaminhou os anúncios para as Promotorias de Justiça Criminais, de Proteção à Saúde e às Promotorias de Justiça Cíveis.
AVSQ

Compartilhe!

Comente com Facebook

Visitantes

19206205