Ceará recebe o Vitória no jogo de ida pela 3ª Fase da Copa do Brasil

Compartilhe!

Depois de sobreviver duas fases da Copa do Brasil apenas em jogo único fora de casa, com direito a gramados ruins, erros de arbitragem contra e classificação nos pênaltis, o Ceará chega para a 3ª Fase da Copa do Brasil em um cenário muito mais favorável, condizente com a grandiosidade da competição. Agora, na atual fase, o formato volta a ser em dois jogos, ou seja, um verdadeiro mata-mata, com o Vovô enfrentando um adversário conhecido em um clássico nordestino: o Vitória. Se o Vozão passar do Rubro-Negro baiano faturará R$ 2 milhões.

E após sorteio, o Ceará inicia o confronto hoje às 19h15, jogando no Castelão e definindo sua classificação no Barradão, no dia 18. Pelo regulamento, os gols marcados fora de casa não são mais critério de desempate, portanto, se na soma dos dois jogos o placar terminar igual, com dois empates ou uma vitória de cada lado pela mesma diferença de gols, a vaga será definida nos pênaltis.

Esse detalhe no regulamento pode tornar os dois jogos mais abertos, sem o medo excessivo do mandante em sofrer gols e complicar uma classificação. Por isso, para o Ceará, o importante é abrir uma vantagem, mesmo que mínima para jogar pelo empate no Barradão.

Até mesmo qualquer empate deixa o confronto em aberto para o jogo de volta, já que em nenhuma hipótese um dos dois clubes jogará por um novo empate para se classificar, como acontecia no critério antigo dos gols marcados fora de casa.

Em resumo, o embate contra o Vitória, com o regulamento atual, dá uma segurança ao Ceará para buscar uma classificação sem as armadilhas das duas fases anteriores.

E analisando os números do Ceará na temporada 2020, todas as vitórias do Vovô em casa (no Castelão ou PV) e foram apenas 3 em 9 jogos, e por apenas um gol de diferença (Pacajus, Caucaia e Atlético Cearense), todas por 1 a 0.

DN


Compartilhe!

Comente com Facebook

Visitantes

19200676