Suspeitos de roubarem carro enquanto irmãos levavam mãe idosa ao médico são presos

Compartilhe!

Dois suspeitos de terem roubado o carro de uma família, na madrugada de segunda-feira (11), foram presos às 16h desta terça-feira (12), no Bairro Alto Fechado, em Pacatuba, na Grande Fortaleza. O crime aconteceu no Conjunto Jereissati II, em Maracanaú, enquanto os dois irmãos que estavam no veículo levavam a mãe ao médico.

Agentes da Força Tática do 12° Batalhão da PM prenderam Antônio Carlos Magalhães, 26, e Danilo Wesley da Silva Martins, 19. Os dois foram localizados em um matagal, onde faziam o desmanche do veículo roubado.

Segundo os policiais militares, as equipes seguem procurando a mulher que estava com os suspeitos durante o assalto. Os agentes informaram que o outro automóvel, conduzido pelos criminosos durante o assalto, pertencia à Danilo Wesley e não tinha queixas de roubo.

Conforme a vítima, que preferiu não ter o nome revelado, a família está feliz por encontrar o veículo. “O carro teve avarias, mas vamos avaliar. Agradecemos à Polícia Militar e à imprensa, pela divulgação”, disse ao G1.

De acordo com o professor, a mãe dele, de 82 anos, está bem, porém a irmã, que também estava no local do ocorrido, está abalada. “Ela não conseguiu dormir direito, ficou chorando. Também ficamos apreensivos, mas, no geral, estamos bem”, afirmou.

Na madrugada desta segunda-feira (11), a família teve o carro interceptado por um grupo criminoso e o veículo foi roubado no Conjunto Jereissati II, em Maracanaú. O crime aconteceu quando dois irmãos levavam a mãe de 82 anos a uma unidade de saúde. A ação foi flagrada por câmeras de segurança.

O carro das vítimas foi “fechado” por um segundo veículo. O motorista tenta dar ré para fugir dos suspeitos, mas desiste ao ver um homem armado. Durante a abordagem, o casal de irmãos sai do carro, enquanto os bandidos entram. Às pressas, os irmãos retiram a mãe idosa nos braços e a mulher caminha com dificuldade.

G1/CE


Compartilhe!

Comente com Facebook